latas

Alimentos Industriais

Ultraprocessamento de alimentos e doenças crônicas não transmissíveis: implicações para políticas públicas

é o tema abordado por Carlos Augusto Monteiro, professor titular do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, e por Maria Laura da Costa Louzada, aluna do curso de Doutorado em Nutrição e Saúde Pública da Universidade de São Paulo. A forma pela qual os alimentos ultraprocessados vêm ganhando espaço na vida das pessoas está intimamente relacionada ao aumento das DCNT; trata-se de um fenômeno global. Por meio de guias alimentares, de ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, da promoção da alimentação saudável no ambiente escolar, de regulamentações da publicidade de alimentos ultraprocessados para crianças e, por fim, pelas políticas fiscais, podemos ter alguma transformação no atual panorama nacional e internacional.